Jurados já escolheram o vencedor do ‘Show dos Famosos’; quadro virou um ‘chacota’ nas redes sociais


Com todo o respeito que o Fausto Silva merece, afinal, são décadas na TV, líder de audiência (apesar da concorrência forte do Hora do Faro), ele sempre se renova. Prova disso é o quadro ‘Ding Dong’ que resgatou boa parte dos artistas que estava fora da mídia, sem espaço na TV Aberta. Faustão transformou o quadro em seu carro chefe e garantiu a permanência dele até outubro. 
Voltamos com louvor para a década de 80 e 90 quando os musicais era o principal produto da TV, perdendo apenas para telenovelas e os programas de auditório.
A grade aposta do ano foi o ”Show dos Famosos” que trouxe figuras conhecidas do público. A ideia é simples: o cantor (a), atriz/ator tem sete dias, para transformar em outro personagem. Foram selecionados e divididos em dois grupos: Fafá de Belém, Eriberto Leão, Luiza Possi, Nelson Freitas, Samantha Schmütz, Ícaro Silva, Emanuelle Araújo e Enzo Romani.
Só que nada saiu perfeito. Caracterização, figurino, escolha das músicas e dos artistas. Os jurados são tendenciosos, apontam erros em uma nota musical e dá nota 10 para uma apresentação pífia do ótimo ator Nelson Freitas, que não convenceu como o cantor Psy. Ele não cantou. Foi constrangedor o trio carimbar nota 10 para ele. Claudia Raia e Miguel Falabella e o autor de novelas Silvio de Abreu querem justificar o voto com textos lindos e argumentos técnicos que não interessa a grande massa. Quando o artista merece de fato ser acalmado pelo júri não merece o valor reconhecido. A plateia e o público de casa é mais coerente em suas notas. 
O ”Show dos Famosos” virou um circo dos horrores. A caracterização que foi e será sempre criticada fica abaixo do programa ”Esse Artista sou Eu” exibido pelo SBT. A emissora de Silvio Santos deu um banho em todos os programas, produção impecável. Não é uma orquestra ao vivo no palco que salva um quadro. 
Se é para colocar os artistas em um verdadeiro ‘mico’ a produção acertou em cheio e garante risadas do público. É inevitável comentar nas redes sociais sem uma piada, um deboche, criticando a performance dos participantes. 
No próximo domingo, os oitos participantes irão disputar as quatro vagas da final. O ”Show dos Horrores” acaba dia 2 de julho. TV é aprendizado, tomara que na segunda temporada prevista o quadro ganhe ritmo e que a produção troque os jurados. São estrelares demais para dar 9.5 para um, 9.7 para outro. Os argumentos são fracos, apontam erros que poderia não ser mencionado. O público espera um show redondo, sem erros e que o artista em si ganhe a homenagem merecida. 
Carmem Miranda, Madonna, Kaoma e Psy neste domingo não foram homenageados e sim humilhados. 
Se seguir a tendência, o programa ficará nas mãos do ator Nelson Freitas. Ícaro Silva e Fafá de Belém corre por fora. Podem ser a zebra. A conferir. 
portal4.wordpress.com
Tecnologia do Blogger.