Intérprete de Chiquinha detona Dona Florinda e revela o que diria para o Chaves, caso estivesse vivo


Maria Antonieta de Las Naves foi a entrevistada especial do programa “Gugu” da noite desta última quarta-feira (31). Gugu foi até o México entrevistar a atriz que se consagrou interpretando a Chiquinha no seriado “Chaves”.

Maria Antonieta falou sobre várias curiosidades da série como, por exemplo, que a Bruxa do 71, interpretada por Angelines Fernandez, era a pessoa que mais gostava no elenco, principalmente porque ela era amiga de sua mãe. A atriz também revelou que o episódio de Acapulco foi o seu favorito.

Maria também contou que nunca entendeu o motivo pelo qual o seriado “Chaves” chegou ao fim. Ela afirmou que do dia para noite, Roberto Gómez Bolaños disse que não queria mais fazer o programa e justificou: “Porque eu tenho 64 anos e não sou mais jovem”. Neste momento, teria começado a briga entre Maria e Roberto pela personagem Chiquinha. Ele, em um primeiro momento, teria acordado que ela seguisse fazendo a Chiquinha, mas tudo não acabou tão bem como o esperado.

A atriz mexicana afirmou que ela foi a responsável por criar a personagem, já que toda caracterização e bordões da personagem Chiquinha haviam sido planejados e desenvolvidos por ela. Maria Antonieta revelou ter levado o projeto de um programa só da Chiquinha para a TV mexicana. Chespirito, como é conhecido Roberto Gómez Bolaños, teria dito que iria produzir a atração para ela. Esperando por 3 anos para estrear, a atriz descobriu que o projeto não entrava no ar por vontade de Roberto, que era contrário ao programa. Maria então tomou a decisão de registrar a personagem Chiquinha. A partir daí, uma longa batalha na justiça começava. Maria foi intimada e processada por Roberto Gómez Bolaños. Durante 12 anos, a estrela mexicana revelou que pagou o melhor advogado do México e acabou sofrendo um pré-infarto, além de gastar muito dinheiro.


fonte tv foco
Tecnologia do Blogger.