A temporada 2017 do Pânico na Band começou neste domingo (5) com a prova de que os humoristas não poupam ninguém, nem mesmo os colegas que deixaram a atração. Uma entrada ao vivo de Carlinhos Silva, o Mendigo, mostrou um protesto na porta da emissora promovido pelo fã-clube de Fernanda Lacerda, a Mendigata. As fãs pediam para que ela continuasse na atração.

"Eu nem sabia que a Mendigata tinha saído do programa", declarou Carlinhos em meio ao protesto. Do estúdio, Emílio Surita se fez de desentendido: "Mas ela saiu?", questionou, enquanto o texto no gerador de caracteres (letreiro na parte inferior da tela) mostrava: "O que aconteceu com a Mendigata do Pânico?".

Os outros humoristas aproveitaram a deixa para fazer piada sobre a orientação sexual das seguidoras da Mendigata e sobre a pequena quantidade de fãs que participavam do protesto _as manifestantes não chegavam a dez. A brincadeira repercutiu mal nas redes sociais e os integrantes da MendiMáfia (nome de um dos fã-clubes de Fernanda) prometem novos protestos.

Outra vítima do Pânico foi Eduardo Sterblitch, que oficializou sua saída da Band no ano passado e assinou contrato com a Globo. No novo quadro Tá no Lar, em que os humoristas assistem a programas de TV e os comentam, a aparição de Sterblitch com um figurino exótico no Amor & Sexo rendeu muitas piadas.

Durante a atração, nenhuma referência foi à grande reformulação no elenco. Como o Notícias da TV revelou na sexta-feira (3), nove nomes vão deixar o programa ao longo da temporada, assim que seus contratos chegarem ao fim. Da lista, apenas Mari Gonzalez, a Baianinha, e Evandro Santo, o Christian Pior, apareceram na estreia da temporada.

A presença de Mari, aliás, causou surpresa, já que a própria repórter postou uma mensagem de despedida dias antes em seu Instagram. “Foi uma fase marcante, importante e quero deixar meu muito obrigada”, escreveu.

noticiasdatv.uol.com

Tecnologia do Blogger.